terça-feira, 8 de maio de 2018

Robert Johnson

(Hazlehurst, Mississippi, 8 de maio de 1911)


Robert Johnson é freqüentemente citado como o maior cantor de blues de todos os tempos, ou mesmo como o mais importante músico do século XX, mas muitos ouvintes se desapontam ao conhecer o seu trabalho, pois o estilo peculiar do Delta Blues e o padrão técnico das gravações de sua época estão muito distantes dos padrões estéticos e técnicos atuais. De todos os grandes músicos de blues, Robert Johnson foi provavelmente o mais obscuro. Foi um solitário enigmático, obcecado com a sua música. A transformação abrupta de um cantor e guitarrista desajeitado em um cantor e guitarrista de grande intensidade alimentaram rumores de um pacto com o diabo, quando vendeu a sua alma na encruzilhada das rodovias 61 e 49 no Mississippi. 

Do inferno, Robert Johnson conheceu apenas o alcoolismo. E tudo o que é conhecido dele com certeza é que ele gravou apenas 29 músicas, em duas sessões de gravação em 1936 e em 1937, no Texas; que morreu jovem, com 27 anos; foi um dos grandes bluesmen do Delta do Mississippi; sua música tem proporcionado um protótipo para várias gerações de músicos de blues e rock; e suas canções permanecem atuais em inúmeras novas versões. Tudo o mais sobre a sua vida é uma tentativa de reconstrução. Tudo o que sabemos sobre Robert Johnson é que ele foi pura lenda. E ainda permanece entre as figuras mais evasivas na arte do século 20, e se os detalhes de sua vida são sombrios, sua música é brilhante. 

 Robert Johnson - Sweet Home Chicago 



Trecho do episódio "Crossroad Blues", oitavo episódio da segunda temporada da série Supernatural. O episódio é sobre quando o diabo vem buscar a alma do Robert Johnson.

Robert Johnson - Hellound on my Trail

Nenhum comentário:

Postar um comentário