sábado, 12 de maio de 2018

Jamelão

(Rio de Janeiro, 12 de maio de 1913)


Jamelão foi engraxate, vendedor de jornal e tocador de tamborim e cavaquinho nos subúrbios cariocas. Aos 15 anos foi levado à Estação Primeira de Mangueira onde começou tocando tamborim na bateria e depois como intérprete. Viajou para a França como crooner da Orquestra Tabajara e ainda como crooner protagonizou um dueto no auditório da antiga rádio Tupi entre a orquestra Tabajara e a big band de Tommy Dorsey. Gravou o disco 'Jamelão interpreta Lupicínio Rordrigues' e anos depois um outro dedicado a Lupicínio que fez os críticos o colocarem como um cantor de música de dor de cotovelo, enquanto Jamelão preferia considerar-se um cantor romântico. De personalidade forte e com muitas manias, Jamelão tinha o costume de andar com uma caixa cheia de elásticos no bolso e alguns deles nas mãos. Dizia que iria utilizá-los no dia em que ganhasse bastante dinheiro. 

Jamelão – Ronda 



Jamelão & Alcione - Nunca/Vingança


Jamelão - Matriz ou Filial

Nenhum comentário:

Postar um comentário