sábado, 14 de abril de 2018

Gene Ammons

(Chicago, Illinois, 14 de abril de 1925)


Gene Ammons que era filho do pianista de boogie-woogie Albert Ammons, sua mãe também era pianista, preferiu tocar saxofone depois de ouvir Lester Young e tocou ao lado dos mais notáveis da era bebop e pós-bop. Gene ainda era adolescente quando Billy Eckstein contratou-o para sentar ao lado de Dexter Gordon na mesma big band que incluia Dizzy Gillespie, Miles Davis, Kenny Dorham, e Fats Navarro, para não mencionar Charlie Parker, Sonny Stitt, Art Blakey e Sarah Vaughan. Ammons e Von Freeman foram os fundadores da escola do sax tenor de Chicago. Entre as penas de prisão por drogas, Ammons fez surpreendentes 22 gravações entre 1960 e 1962. Sob a influência de Lester Young bem como de Ben Webster, Ammons mostrou pouco interesse no jazz modal de John Coltrane, Joe Henderson ou Wayne Shorter que estava surgindo ao mesmo tempo.

Do álbum 'Boss Tenor' (1964)

Gene Ammons - sax tenor 
Tommy Flanagan - piano
Doug Watkins - baixo
Art Taylor - bateria
Ray Barretto - congas

Gene Ammons - Canadian Sunset

Nenhum comentário:

Postar um comentário