quinta-feira, 8 de março de 2018

Gabor Szabo

(Budapeste, Hungria, 8 de março de 1936)


Gabor Szabo foi um dos guitarristas mais originais que emergiram na década de 1960, misturando sua herança da música popular húngara com um profundo amor pelo jazz e criando um som distintivo, amplamente autodidata. Inspirado por um filme de cowboy de Roy Rogers, Szabo começou a tocar guitarra em jantares quando ele tinha 14 anos enquanto vivia em Budapeste. Ele fugiu para os EUA aos 20 anos estabelecendo-se com sua família na Califórnia. Em 1961, com o saxofonista Charles Lloyd, juntou-se ao quinteto inovador do baterista Chico Hamilton. Impulsionado por Hamilton, Szabo criou um som único. Em 1965 deixou sua marca no quinteto de pop-jazz do vibrafonista Gary McFarland e no quarteto de Charles Lloyd, com o baixista Ron Carter e o baterista Tony Williams. Szabo iniciou uma carreira solo em 1966, gravando o álbum 'Spellbinder', com a inspirada 'Gypsy Queen', a canção que Carlos Santana transformou em um enorme sucesso em 1970. 

No final dos anos 60, Szabo formou um quinteto inovador com o brilhante guitarrista de formação clássica Jimmy Stewart e gravou muitos álbuns notáveis ​. Durante os anos 70 hipnotizava o público com o seu estilo encantador e fascinante. Szabo voltou a visitar sua pátria várias vezes encontrando oportunidades para tocar brilhantemente com talentos nativos. Hospitalizado durante sua última visita morreu aos 46 anos.  

Do álbum 'Spellbinder' (1966)

Gabor Szabo - Guitar
Ron Carter - Bass
Chico Hamilton - Drums 
Victor Pantoja, Willie Bobo - Percussion

Gabor Szabo - Gypsy Queen


Gabor Szabo - Gets Down (live)

Nenhum comentário:

Postar um comentário