domingo, 25 de fevereiro de 2018

George Harrison

(Liverpool, Inglaterra, 25 de fevereiro de 1943)


Eu nunca gostei dos Beatles. 'Ob-La-Di, Ob-La-Da’, ‘Hey Jude’, ‘Yellow Submarine’, entre outras, foram as piores coisas que ouvi. Mas, por George Harrison, eu nutria uma particular simpatia. Olhos escuros, rosto alongado, expressão profunda. Discreto, sempre tímido. Com os Beatles manteve-se em segundo plano e seu talento, infelizmente, acabou ofuscado pelo egocentrismo de John e Paul. Entretanto, foi o autor de algumas das mais belas canções. Com o famoso álbum branco, George pela primeira vez conseguiu emplacar um hit nas paradas com a belíssima ‘While my guitar gently weeps’, uma de suas melhores, com um estupendo solo de guitarra de Eric Clapton. Embora Eric tenha feito o solo, seu nome não foi creditado no álbum, e não sei o porquê. Devido ao pedantismo de John e Paul, George tinha sua cota como cantor e autor, de incluir apenas umas duas músicas por disco, e ficava em silêncio, apenas procurava aperfeiçoar seu talento como guitarrista e foi diferenciando-se pelo uso elegante da guitarra. Apesar da proibição imposta foi conquistando seu espaço com algumas das mais famosas e belas músicas dos Beatles, além de 'While my guitar gently weeps', 'My Sweet Lord' entre outras, ‘Something’ é uma delas, considerada por Frank Sinatra a mais bela canção de amor dos últimos 50 anos. 

Este é o show em tributo a George Harrison, feito em 2003, com Billy Preston no vocal e no piano, na guitarra acústica Eric Clapton e o filho do George Harrison (a cara dele!), no orgão Paul McCartney, e Ringo Starr massacrando a bateria de tão ruimque sempre foi. Billy Preston é considerado, por muitos, o quinto Beatle e o sexto Stone. No entanto, diferente de nomes como Eric Clapton, Preston recebeu os créditos por seus registros, é, praticamente, o único mencionado e reconhecido por ambos os grupos. Além de ter gravado com as duas bandas, Preston trabalhou com Little Richard, Sam Cooke, Ray Charles, Eric Clapton e, claro, George Harrison.

Billy Preston - My Sweet Lord 

Nenhum comentário:

Postar um comentário